Pesquisar
Close this search box.
Pesquisar
Close this search box.

Trajetória inspiradora e revolucionária torna Yara Lins favorita para assumir a presidência do TCE-AM

Amazonas – O Tribunal de Contas do Estado do Amazonas (TCE-AM) está prestes a passar por um momento crucial em sua história, com a eleição para a presidência se aproximando. No centro das atenções está Yara Lins, atual vice-presidente do tribunal, cuja trajetória de mais de 40 anos de serviços públicos tem conquistado o apoio de nomes influentes na instituição. As eleições estão agendadas para o dia 3 de outubro e as mudanças sancionadas pelo governador Wilson Lima, incluindo a extinção do critério de antiguidade para assumir a Presidência, estão adicionando uma dose extra de emoção ao processo eleitoral. Entre os nomes cotados para concorrem ao cargo, a Dra. Yara Lins tem se destacado justamente pela sua trajetória, sendo apoiada por uma coalizão influente de membros do TCE-AM. Trajetória histórica: primeira mulher a presidir o TCE-AM Em 2017, Yara Lins fez história ao se tornar a primeira mulher a presidir o TCE-AM, uma instituição que, em mais de seis décadas, só tinha sido comandada por homens. Sua gestão inovadora foi marcada por um compromisso inabalável com a transparência e a eficácia na gestão pública. Durante seu mandato, ela introduziu uma série de reformas significativas que aumentaram a eficiência do tribunal, tornando-o mais acessível para os cidadãos do Amazonas. A liderança de Yara Lins trouxe novas perspectivas para o TCE-AM, permitindo que a instituição crescesse e se desenvolvesse em direção a um futuro mais progressista. Sua trajetória no comando da Corte demonstrou o poder do feminino na política, quebrando paradigmas e abrindo caminho para que mais mulheres assumam cargos de liderança.

 

Apoiada por nomes influentes no TCE-AM, como os conselheiros Josué Neto, Luís Fabian e Júlio Pinheiro, Yara Lins lidera as opções entre as escolhas para assumir a Presidência. Sua candidatura representa um consenso entre figuras respeitadas na instituição, indicando um forte apoio interno à sua liderança. Caso seja eleita novamente, este segundo mandato marcará uma década de dedicação de Yara Lins à Corte de Contas do Amazonas. Sua história de mais de 40 anos de serviços no tribunal, desde que foi aprovada em concurso público, é um testemunho de seu compromisso duradouro com a causa pública e seu papel essencial no desenvolvimento do TCE-AM. As mudanças recentes nas eleições do TCE-AM, sancionadas pela Lei Complementar nº 250 e enviadas pela Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), estão tornando o processo eleitoral mais democrático, dinâmico e revolucionário. Biografia Nascida em Manaus, Amazonas, em 1960, Yara Lins se formou em Ciências Contábeis pela Universidade Federal do Amazonas em 1985 e em Direito pela Universidade Paulista – UNIP em 2007. Sua trajetória profissional começou em 1975 como Taquígrafa. Em 1979, tornou-se Técnica de Controle Externo, e, em 1984, passou a atuar como Secretária Administrativa em substituição. No ano seguinte, em 1985, Yara Lins foi nomeada Inspetora de Controle Externo e Secretária Administrativa, além de ter sido designada para prestar serviços junto à Comissão de Elaboração do Quadro de Pessoal do Tribunal de Contas do Estado do Amazonas (TCE-AM). Mais tarde, em 1986, ela foi nomeada Assessora da Presidência do TCE-AM. Única mulher do colegiado e funcionária de carreira do Tribunal de Contas do Estado do Amazonas há 48 anos. Em 2017 ela se tornou a primeira mulher a presidir o TCE-AM quando o órgão completava 67 anos de existência e agora está rumo ao segundo mandato.

 

Outras notícias