Pesquisar
Close this search box.
Pesquisar
Close this search box.
Local onde o genro tentou esconder o corpo da sogra, em Manaus — Foto: Divulgação

Sogro é acusado de assassinar sogra por estrangulamento no Amazonas, após a mesma requerer pagamento para cuidar de neto com autismo, informa autoridades.

Homem de 34 anos é preso em Manaus por suspeita de homicídio da sogra por estrangulamento

Foi detido nesta semana um homem de 34 anos, suspeito de assassinar a própria sogra, estrangulando-a. O crime chocou a cidade de Manaus e ocorreu no final do mês de novembro deste ano. Segundo informações da polícia, o motivo do crime teria sido uma discussão relacionada a dinheiro, onde a vítima teria cobrado uma quantia para cuidar da neta autista. A idade da criança, também filha do suspeito, não foi revelada.

Após investigações, constatou-se que o suspeito tentou ocultar o corpo da vítima, colocando-o dentro de um tonel, que foi posteriormente abandonado em um terreno baldio.

De acordo com a delegada Deborah Barreiros, responsável pelo caso, a vítima desapareceu no dia 29 de novembro, depois de sair de casa para encontrar o genro e sua neta, que ela costumava cuidar.

“Ao chegar na casa do acusado, a mulher questionou sobre a quantia em dinheiro que havia sido combinada, para que pudesse cuidar da neta até o fim do expediente dele. A atitude da vítima deixou o homem revoltado, visto que ele acreditava que ela não deveria cobrar pelo cuidado da própria neta, uma vez que ela também cuidava dos outros netos dele”, relatou a delegada.

Ainda segundo Barreiros, o suspeito sentia uma diferença no tratamento dado pela sogra à sua filha, que é autista.

As investigações revelaram que o suspeito foi trabalhar, mas retornou rapidamente à residência e agrediu a vítima com um golpe de estrangulamento, tirando-lhe a vida sem dar-lhe qualquer chance de defesa.

“Ele teve a ideia de esconder o corpo dela dentro de um tonel de água, que estava no banheiro da casa dela, e deixou-o no local. Quando a filha da vítima chegou do trabalho e perguntou pela mãe, ele alegou não saber onde ela estava”, acrescentou a delegada.

Os demais familiares da vítima também questionaram o suspeito sobre o paradeiro dela, e ele agiu como se nada tivesse ocorrido, inclusive iniciando uma busca pela sogra.

“No dia seguinte, ele foi até o tonel onde estava o corpo da vítima, colocou entulho e restos de obras, chamou um serviço de frete e levou o corpo até um terreno abandonado próximo ao bairro Distrito Industrial II, na Zona Leste. O corpo foi descoberto por um catador de materiais recicláveis no dia seguinte”, detalhou Barreiros.

Ainda de acordo com a delegada, o suspeito sentiu-se pressionado pela esposa e outros familiares, tentou fugir, mas foi contido por pessoas que presenciaram a cena.

Após ser capturado por uma equipe da Polícia Militar, o homem confessou o crime para evitar ser linchado e foi conduzido até uma delegacia.

Segundo informações da polícia, o suspeito responderá pelo crime de homicídio e ficará à disposição da Justiça.

Fonte: https://g1.globo.com/am/amazonas/noticia/2023/12/04/genro-mata-sogra-estrangulada-apos-ela-cobrar-para-cuidar-da-neta-autista-no-am-diz-policia.ghtml

Outras notícias