Pesquisar
Close this search box.
Pesquisar
Close this search box.
Foto: divulgação

Secretário João Braga é flagrado em áudio tramando atentado contra Cileide Moussallem em Manaus

Notícias de Manaus: Secretário de Cidades e Territórios envolvido em polêmica de possível plano de atentado contra empresária

Um vazamento de áudio atribuído ao secretário titular da Secretaria de Cidades e Territórios (Sect), João Coelho Braga, conhecido como Braguinha, está causando grande repercussão em Manaus. No áudio divulgado pelo Portal CM7 Brasil, Braguinha é ouvido mencionando um plano de atentado supostamente tramado contra a empresária Cileide Moussallem, dona do site.

No áudio, Braguinha revela detalhes de um assalto encomendado que teria como alvo a empresária e sua família. Ele inclusive menciona outros empresários, mas ressalta que seu objetivo principal é causar medo e deixar Cileide marcada com esse suposto atentado.

A divulgação desse áudio é extremamente preocupante, pois indica um possível envolvimento do secretário em um plano para atingir a integridade de uma pessoa que desempenha um papel importante na mídia local. É alarmante pensar que um representante do poder público esteja envolvido em ações tão nefastas.

“Fui lá com o Paulo Lima, fui lá com a mulher do Paulo Lima, fui lá com o Pascarelli. Mas não, tem que ser nela mesmo (Cileide), pra ela lembrar”, afirma Braguinha.

Outra pessoa, que participa da conversa, tenta convencer Braguinha a não seguir com o plano, mas ele se mostra irredutível.

“Vai ser um assalto. Não te preocupa não. Isso eu sei fazer, já fiz vários”, complete o secretário.

“Não é assim, Braguinha, não pode se desesperar assim dessa forma, rapaz. Ai vai esculhambar tua vida”,diz um interlocutor.

No entanto, é importante ressaltar que outra pessoa que participa da conversa tenta convencer Braguinha a não seguir com o plano, mostrando algum senso de razão. Infelizmente, o secretário se mostra irredutível, afirmando que já realizou vários assaltos e que sabe como executá-los.

Diante dessa situação, Cileide Moussallem tomou medidas imediatas para garantir sua segurança. Ela registrou um Boletim de Ocorrência (B.O) e deixou claro que não se deixará intimidar por qualquer tentativa de censura ao seu trabalho jornalístico de divulgação de informações de interesse público.

Vale destacar que recentemente o Portal CM7 Brasil, de propriedade de Cileide Moussallem, denunciou um caso de superfaturamento na compra de imóveis para desapropriação envolvendo o secretário Braguinha, um escândalo que gerou grande repercussão e colocou o secretário em uma posição desconfortável.

Diante dessas revelações, fica evidente uma possível motivação para o suposto plano de atentado contra a empresária. No entanto, mesmo diante das ameaças, Cileide Moussallem não se deixa abater. Sua coragem em enfrentar esse plano de ataque é um exemplo de determinação e comprometimento com o jornalismo investigativo.

Esperamos que as autoridades competentes investiguem de forma rigorosa esse caso e tomem as medidas necessárias para garantir a segurança de Cileide Moussallem e de todos os envolvidos nessa situação. A imprensa livre é um pilar fundamental para a democracia, e é inaceitável que profissionais jornalistas sejam alvo de ameaças e represálias por exercerem sua função de informar a população.

Fonte: https://ampost.com.br/manaus/vaza-audio-do-secretario-joao-braga-tramando-atentado-contra-cileide-moussallem-em-manaus-ja-fiz-varios/

Outras notícias