Pesquisar
Close this search box.
Pesquisar
Close this search box.
Foto: divulgação

Programa Pelci inova esporte de base no Amazonas há dois anos

Amazonas – No domingo, 18/02, o Programa Esporte e Lazer na Capital e Interior (Pelci), completou seu segundo ano desde sua inauguração. Lançado em 2022 pelo Governo do Amazonas, o Pelci visa a promoção de atletas de base para alto desempenho, abrangendo 15 modalidades esportivas em sete centros espalhados pelo estado.

“O Pelci veio para revolucionar o esporte. Para esse fim, o governador Wilson Lima está trabalhando arduamente para impulsionar o esporte e descobrir e desenvolver novos talentos para o cenário esportivo local e nacional”, afirmou Jorge Oliveira, secretário de Estado do Desporto e Lazer (Sedel).

![alt text](https://cm7.nyc3.digitaloceanspaces.com/wp-content/uploads/2024/02/19080529/SEDEL-Tayna-Santos-atleta-descoberta-pelo-Pelci-FOTO-Mauro-Neto-1024×683.jpg “Atleta descoberta pelo Pelci”)

Quando o programa foi lançado, seu objetivo era beneficiar cerca de 5 mil atletas. No entanto, com a expansão de seus centros e investimento do governo estadual, o Pelci atualmente beneficia mais de 15 mil jovens e crianças em esportes como futebol, handebol, basquete, vôlei, jiu-jitsu, atletismo, wrestling e futsal, entre outros.

O Pelci está dividido em sete polos em Manaus, Tabatinga, São Gabriel da Cachoeira, Humaitá, Codajás, Envira e Fonte Boa. Também são parte integrante do Pelci projetos como Futevôlei nos Bairros, Formandos Campeões, Escolhinha nos Bairros e Campeões da Vila.

Em 2023, as atividades esportivas do Pelci se expandiram para os estádios Carlos Zamith, Ismael Benigno e Oswaldo Frota em Manaus, beneficiando a comunidade local. “O Pelci nos oferece uma oportunidade única para nós, que temos o sonho de crescer no esporte. Sou muito feliz no futebol”, declarou Caio Gabriel, jogador das categorias de base Sub-18 do Nacional FC.

A presença feminina também é marcante no Pelci, com mais de 1.100 atletas inscritas no futebol de campo e futsal, contribuindo para a ascensão de talentos como Tayná Santos de São Gabriel da Cachoeira. Com apenas 20 anos de idade, a jogadora, descoberta pelo Pelci, atualmente joga profissionalmente pelo clube JC de Itacoatiara.

“O Pelci entrou na minha vida e me mostrou que eu poderia realizar meu sonho e começar a construir minha carreira como jogadora de futebol profissional. Quero agradecer e parabenizar o governo do estado pela criação do Pelci, que proporciona oportunidade e esperança para todos os jovens do Amazonas”, declarou Tayná Santos.

Fonte: https://cm7brasil.com/esportes/ha-dois-anos-o-programa-pelci-revoluciona-esporte-de-base-no-amazonas/

Outras notícias