Foto: divulgação

Prefeito de Tefé é alvo de investigação por suspeitas de irregularidades na aquisição de madeira

O chefe da municipalidade de Tefé, Nicson Marreira, se vê sob fogo cruzado mais uma vez, com o Tribunal de Contas do Amazonas (TCE-AM) instaurando uma Representação para examinar potenciais falhas associadas à administração inadequada e carência de critérios de sustentabilidade ambiental e eficiência económica na licitação de compra de madeira.

O procedimento sob o número 16.879/2023 teve sua divulgação na edição de 16 de terça-feira, do diário oficial do TCE-AM. O inquérito se concentra na contratação da firma J L CAMPELO LTDA, de CNPJ 22.328.989/0001-08, contratada para suprir as necessidades da Prefeitura Municipal de Tefé.

No mês de outubro de 2023, foram levantados possíveis controvérsias relacionadas a essa contratação, trazendo à tona perguntas sobre os critérios de sustentabilidade e a economia do procedimento.

Os residentes de Tefé, já aguentando numerosas adversidades, encaram com apreensão mais um episódio da administração local. A gestão inadequada dos fundos públicos, principalmente em temas delicados como o ambiental, torna-se o foco de observação.

Agora, a responsabilidade está com o Tribunal de Contas para conduzir uma investigação aprofundada para avaliar as supostas indiscrições e definir as implicações jurídicas.

Examine o documento na íntegra abaixo:

Fonte: https://cm7brasil.com/noticias/politica/escandalo-ambiental-prefeito-de-tefe-e-investigado-por-irregularidades-na-compra-de-madeira/

Outras notícias