Pesquisar
Close this search box.
Pesquisar
Close this search box.
Foto: divulgação

Mega federação entre PP, Republicanos e União Brasil nas eleições de 2024 pode trazer grandes mudanças para o cenário político do Amazonas

Amazonas – A possível federação entre os partidos Progressistas (PP), União Brasil e Republicanos, anunciada pelo senador Ciro Nogueira, presidente nacional do PP e líder da Minoria no Senado, poderá ter repercussões significativas nas eleições do Amazonas em 2024, conforme declarou o congressista em entrevista concedida na última quarta-feira (24/01) ao Pode360.

A união dessas três siglas, se concretizada, formaria a maior bancada tanto na Câmara dos Deputados quanto no Senado, somando 151 deputados e 17 senadores. Ciro Nogueira destacou que os partidos envolvidos compartilham uma identidade e perfil mais conservador, o que poderia resultar na criação do maior bloco político da história do país.

No entanto, o avanço das negociações enfrenta desafios nos diretórios estaduais, com resistências à união dos três partidos. As divergências internas precisam ser superadas para que a federação seja efetivada, já que, quando federados, os partidos devem votar de maneira unificada e chegar a consensos sobre candidatos em eleições municipais e nacionais. Ciro Nogueira destacou que essa união representaria um avanço na política, buscando diminuir as divisões no país. “Estamos muito divididos. As pessoas não conseguem deixar esse passado para trás. Acho que é importante uma federação como essa, viria para dar estabilidade ao nosso país”, afirmou o senador. Além disso, o senador compartilhou sua meta pessoal como presidente do PP: tornar o partido o maior do país nos municípios, fortalecendo-o para as eleições de 2026. O foco continuará nos municípios pequenos e médios, onde a sigla já possui um considerável número de prefeitos.

Impacto no AM

Caso a federação se concretize, o cenário político no Amazonas poderá ser impactado, especialmente considerando o apoio dos partidos envolvidos ao governador Wilson Lima. A possível superfederação, se efetivada, consolidaria uma liderança tanto regional quanto nacional para Lima, reforçando a importância do estado nas decisões políticas.

Outro personagem que poderá ser significativamente impactado por essa união é Roberto Cidade, pré-candidato à prefeitura de Manaus pelo União Brasil. Com apoio explícito do governador Wilson Lima, que preside a sigla no estado, a expectativa é que, caso a união dos partidos seja efetivada, Roberto Cidade ganhe possivelmente o dobro de tempo de televisão em comparação ao atual prefeito de Manaus, David Almeida (Avante), nas eleições de 2024.

Outras notícias