Pesquisar
Close this search box.
Pesquisar
Close this search box.
Sete anos após crime, os corpos das vítimas não foram encontrados — Foto: Reprodução/Rede Amazônica

Júri popular de PMs acusados de matar três jovens em Manaus é adiado pela justiça do caso Grande Vitória.

Adiamento do julgamento de policiais acusados de matar três pessoas no bairro Grande Vitória em Manaus

O Tribunal de Justiça do Amazonas (Tjam) anunciou o adiamento do júri popular de nove policiais militares acusados de assassinar três pessoas no bairro Grande Vitória, Zona Leste de Manaus, em outubro de 2016. O caso, que causou grande comoção na época, estava programado para começar nesta segunda-feira (6), porém foi remarcado para 29 de janeiro de 2024.

A decisão de adiar o julgamento ocorreu a pedido do Ministério Público do Estado do Amazonas (MPE-AM), que alegou problemas de saúde de um dos promotores envolvidos no caso. Além disso, a advogada de defesa de um dos réus também solicitou o adiamento, pois ele está internado com suspeita de meningite.

O caso ficou conhecido como “Caso Grande Vitória” e envolve o desaparecimento de Alex Júlio Roque de Melo, de 25 anos, Ewerton Marinho, 20, e Rita de Cássia, 19. Os três jovens foram abordados por policiais militares enquanto voltavam de uma festa e nunca mais foram vistos.

Imagens de câmeras de vigilância registraram o momento em que os policiais mandaram o trio entrar no carro da PM. Após a abordagem, os jovens desapareceram sem deixar rastros. No dia do desaparecimento, os moradores do bairro realizaram uma manifestação que resultou em confronto com a polícia.

Após as investigações, a Polícia Civil do Amazonas concluiu que o trio foi morto e encontrou material genético das vítimas, confirmando o envolvimento dos policiais no caso. No entanto, os corpos das vítimas ainda não foram encontrados, mesmo após sete anos do crime.

O novo adiamento do julgamento dos nove policiais militares acusados gera ainda mais expectativa sobre a resolução desse caso que chocou a cidade de Manaus. A sociedade aguarda ansiosa por justiça e pela punição dos responsáveis por essas mortes trágicas.

Fonte: https://g1.globo.com/am/amazonas/noticia/2023/11/06/caso-grande-vitoria-justica-adia-juri-popular-de-pms-acusados-de-matar-tres-jovens-em-manaus.ghtml

Outras notícias