fbpx
Pesquisar
Close this search box.
Pesquisar
Close this search box.
Foto: divulgação

Festival de Parintins contará com policiamento reforçado durante os três dias de festa

A segurança durante a 57ª edição do Festival de Parintins, que ocorre nos dias 28, 29 e 30 de junho deste ano, será significativamente ampliada. Mais de 500 agentes da Companhia de Policiamento Turístico (CPTur), vinculada à Polícia Militar do Amazonas (PMAM), estarão a postos durante o festival, contando inclusive com policiais que falam idiomas estrangeiros, como inglês e espanhol.

O capitão PM Thiago Mansano, comandante da CPTur, afirmou que o efetivo foi aumentado devido à notoriedade nacional e internacional que Parintins adquiriu, graças à extensa divulgação pela mídia. “Este ano, estamos ampliando nosso efetivo. Teremos, ainda, o suporte de patrulhas motorizadas cobrindo várias áreas da cidade”, ressaltou Mansano.

Para agilizar a comunicação com os habitantes e visitantes, um serviço de disque-denúncia estará disponível pelo número (92) 98842-1741. Capitão Mansano enfatizou a importância deste serviço: “Ele pode ser acessado por policiais e civis, garantido que todos os turistas se sintam acolhidos, protegidos e tenham suas necessidades atendidas prontamente”.

O compromisso com a segurança se estende ao Turistódromo, um local administrado pelo Governo do Amazonas e pela Empresa Estadual de Turismo (Amazonastur), que promove atividades objetivando a satisfação dos turistas. Ian Ribeiro, presidente da Amazonastur, destacou a importância da colaboração: “O Turistódromo é essencial para o atendimento e a garantia de acesso a serviços básicos aos visitantes, sendo a cooperação com a Politur fundamental para facilitar a comunicação e assegurar a proteção dos turistas”.

Após bater recorde de público no ano anterior, com 50 mil visitantes, o Turistódromo espera um número ainda maior de pessoas este ano, razão pela qual o esquema de segurança será intensificado.

Em preparação para o festival, a PMAM realizou várias reuniões nos primeiros quatro meses do ano a fim de coordenar as operações de segurança. Além disso, no final de fevereiro, o coronel PM Bruno Azevedo, chefe do Estado-Maior Geral da PMAM, visitou Parintins para dar início às estratégias operacionais que envolvem estudo, planejamento, coordenação, supervisão e controle.

*Com informações da assessoria 
Ilustração: Giulia Renata

Explore mais: “Equiparar Aborto a Homicídio: Justiça ou Atentado à Liberdade das Mulheres?”

📲 Receba em seu WhatsApp as últimas notícias sobre política no Amazonas.

Fonte: https://cm7brasil.com/esportes/flamengo-enfrenta-o-gremio-no-maracana-nesta-quinta-feira-13/

Outras notícias